Salvador Sobral esgotou a sala de espetáculos musical torriense
publicidade

Salvador Sobral regressou este sábado, dia 28 de setembro, ao Teatro-Cine, para um concerto que levou ao rubro o público que assistiu ao mesmo e que, de resto, esgotou a sala de espetáculos musical torriense.

Foi um espetáculo que teve como mote o seu mais recente trabalho – Paris, Lisboa -, o qual “é inspirado numa viagem sem partida nem chegada, mas cujos pontos de união se fazem” entre estas duas capitais europeias. Neste concerto, que foi marcado por momentos de improviso e de forte interação com o público, Salvador Sobral interpretou, refira-se, músicas em quatro diferentes línguas: português, espanhol, francês e inglês.

A interpretação dos temas Amar pelos Dois e Mano a Mano foram os momentos altos do concerto, o qual contou ainda com a participação do projeto Cordel. O reputado pianista Júlio Resende, bem como Nélson Cascais (contrabaixo) e Joel Silva (bateria) acompanharam Salvador Sobral nesta sua segunda vinda ao Teatro-Cine.

Após o final do espetáculo, foram muitos os espetadores que aguardaram o vencedor do Festival Eurovisão da Canção de 2017 para uma sessão de autógrafos.  

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here