publicidade

Sopas de Pedra centram-se este ano na temática do vinho

24 Março no IVV em Torres Vedras

As antigas instalações do Instituto da Vinha e do Vinho, em Torres Vedras, vão este ano ser o cenário para o evento Sopas de Pedra.

Esta atividade, que terá lugar no próximo dia 24 de março, a partir das 19h, apresenta como tema de fundo “O Vinho” e como temática específica “O Vinho no Cancioneiro Musical Português”. A respetiva conferência será proferida por Rui Vieira Nery.

De referir que o termo “pedra”, central na designação do evento, remete, na sua origem identitária, para o património edificado existente no concelho de Torres Vedras, mas, na presente edição do mesmo, o conceito de património é alargado, elegendo-se a temática “O Vinho” num ano em que Torres Vedras e Alenquer são “Cidade Europeia do Vinho”.

Esta 12.ª edição do evento Sopas de Pedra integra-se, de resto, na programação da Cidade Europeia do Vinho 2018.

Recorde-se que os jantares-colóquio Sopas de Pedra pretendem contribuir para a formação e o reforço da cidadania; incrementar o conhecimento da história torriense; promover o estudo, a informação e a divulgação do património do território torriense; e valorizar o património arquivístico e edificado no concelho de Torres Vedras.

 Programa

19h00 – Receção e momento musical: flautas transversais, por Angélica Fonseca e Ricardo Meira, da Escola de Música Luís António Maldonado Rodrigues

19h15 – Degustação de vinhos na sala da destilaria

20h00 – Jantar

21h30 – Conferência “O Vinho no Cancioneiro Musical Português”, por Rui Vieira Nery

Ementa 

Degustação: 

Bolinho de Bacalhau

Rissóis

Croquetes

Entrada: 

Queijo Saloio

Requeijão Saloio com Uvada

Manteigas

Sopa:

Creme de legumes

Prato: 

Bacalhau à Brás

Sobremesa: 

Tarte de Feijão

Café e Chá

Inscrições

Arquivo Municipal de Torres Vedras

Email: arquivo@cm-tvedras.pt

Telefone: 261 320 736

Preço: 15€

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.