Susana Félix:
publicidade

“É bom estar em casa e é bom voltar a fazer parte desta comunidade”

Na segunda feria, 7 de janeiro, realizou-se o primeiro 4 Dedos de Conversa do ano de 2019. Foi um programa especial com destaque para o Concerto de Ano Novo organizado pela banda dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras.

Juntaram-se à boa disposição habitual de Sérgio Galvão, António Esteveira e Paulo Bento quatro convidados especiais: Fernando Martins, elemento da comissão técnica, Maestro Rui Silva, a cantora Susana Félix e Guilherme Ferreira, o diretor da associação humanitária dos Bombeiro Voluntários de Torres Vedras, afeto à banda, para conversarem sobre a banda, a academia de música e o Concerto de Ano Novo.

Fernado Martins fez uma retrospectiva dos sete espetáculos anteriores afirmando que cada um foi especial à sua maneira mas “tem a certeza” que o espetáculo deste ano será “especialíssimo, porque há uma carga emocional muito grande porque temos a Susana torriense, com a banda de Torres, em Torres Vedras, para os torriense, acho que, à partida, garante logo uma noite muito emotiva e depois se juntarmos a qualidade da Susana, do Tó Cruz, com a qualidade da banda, só poderá ser uma noite espetacular”

Na noite do programa, Susana Félix ouviu pela primeira vez alguns arranjos musicais e o “formigueiro, a ansiedade e emoção” começaram logo a aparecer.

O maestro Rui Silva garantiu que a experiência do concerto de dia 19 com Susana Félix e Tó Cruz “vai ser muito boa” e que estão preparadas muitas surpresas para a noite.

Em julho do ano passado entraram 12 novos músicos para a banda dos bombeiros e por isso, a noite de 19 de janeiro será uma estreia, mas não só para eles. É a primeira vez que a cantora faz um espetáculo com uma banda filarmónica.

“É realmente a primeira vez, já tive a sorte de fazer espetáculos com orquestras, mas com uma banda não. E lembro-me que há uns anos vi o concerto da banda dos bombeiros com o Herman José e ter ficado extremamente orgulhosa pela qualidade. Eu acho importante dizer isso, porque temos sempre aquela tendência que “santos da casa não fazem milagres” e era bom que os torrienses tivessem noção do trabalho imenso que está por detrás deste projeto. Temos que nos sentir todos muito orgulhosos da banda”, salienta Susana Félix no programa do TORRES VEDRAS WEB.

“A minha família também tem história na banda dos bombeiros porque o meu pai, Hermano Inácio, também dedicou muito do seu tempo à banda e agora, de repente, eu estou a fazer este espetáculo e tudo isto tem um significado muito grande, pela verdade das coisas, é bom estar em casa e é bom voltar a fazer parte desta comunidade”, acrescenta a cantora.

O Concerto de Ano Novo está marcado para dia 19 de janeiro, às 21h30, no pavilhão Multiusos em Torres Vedras. Os bilhetes estão à venda por 10 euros (7,5 euros para sócios dos bombeiros).

publicidade

Artigo anteriorGastão Elias na segunda ronda do torneio de ténis de Columbus
Próximo artigoJovens escaladores do ATV com destaque a nível nacional
Joana Timóteo
Nasci em Torres Vedras a 25 Fevereiro de 1996. Apaixonada pela comunicação e pelo jornalismo Licenciada em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Lusófona, encontrei nas minhas raízes o meu primeiro "grande" desafio profissional na minha área!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui