Tecido associativo local recebeu formação proporcionada pela Câmara Municipal de Torres Vedras
publicidade

A Câmara Municipal de Torres Vedras proporcionou recentemente um conjunto de formações a associações do respetivo concelho.

A primeira dessas, que se designou “Introdução a Iluminação e Som para Eventos”, foi realizada entre 18 e 20 de agosto, no Teatro-Cine de Torres Vedras, dinamizada pela Restart e contou com a presença de 13 dirigentes associativos.

Já em outubro realizaram-se em associações do centro histórico de Torres Vedras três ações que resultaram de um protocolo estabelecido com a Confederação Portuguesa das Coletividades de Cultura, Recreio e Desporto: “Cultura Associativa” (3/10), “Projetos Associativos e Candidaturas” (17/10) e “Introdução à Contabilidade e Fiscalidade Associativa” (23/10), as quais tiveram lugar, respetivamente, nas instalações da Transforma AC, da Cooperativa de Comunicação e Cultura e do Académico de Torres Vedras, e nas quais se registaram 47 participações.

No dia 10 de outubro realizou-se no auditório do Edifício dos Paços do Concelho de Torres Vedras a mais relevante deste conjunto de ações – o encontro “Associa-te – Redes Culturais, do Local ao Internacional” -, o qual pretendeu ser um momento de diálogo onde foram difundidas boas práticas na área do associativismo cultural e se divulgou o trabalho desenvolvido por associações locais, de forma a fomentar a sua participação ativa numa dinâmica partilhada e em rede.

Nesta ação, no período da manhã, realizou-se uma conferência, a que assistiram 25 pessoas, cuja abertura esteve a cargo de Pedro Costa (ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa / DinâmiaCET-IUL), tendo-se seguido uma apresentação de boas páticas pelas associações Estufa – Plataforma Cultural, Cooperativa de Comunicação e Cultura, Freiria Sport Clube, Transforma AC e Académico de Torres Vedras.

No período da tarde teve lugar uma visita guiada aos espaços Transforma.Bairro, Fórum de Associações Culturais de Torres Vedras e da Cooperativa de Comunicação e Cultura.

De referir que todas estas ações pretenderam responder às conclusões do “Mapeamento e caracterização das associações culturais do concelho de Torres Vedras” realizado em 2014 e apresentado em fevereiro deste ano. Neste estudo tinham sobressaído as necessidades formativas das associações locais, bem como a ausência de uma rede de parcerias, o que foi a base para a realização do descrito conjunto de ações.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.