publicidade

Época balnear terminou no concelho de Torres Vedras

A praia de Santa Rita foi o cenário escolhido este ano pela Câmara Municipal de Torres Vedras para realizar a sua sessão de encerramento da época balnear.

Esta teve lugar no restaurante Grão de Areia, no dia 17 de setembro, reunindo vários intervenientes ligados à segurança balnear no concelho de Torres Vedras.

Na ocasião foi efetuado um balanço do projeto Praia Segura, o qual foi criado em 2009, e consiste no patrulhamento da costa do concelho de Torres Vedras, com especial incidência nas praias não vigiadas, por um nadador salvador e um elemento da Autoridade Marítima Nacional numa viatura devidamente equipada para a prestação do serviço de prevenção e assistência a banhistas. Ao todo, este projeto foi responsável por 24 intervenções (número mais baixo em relação a anos anteriores), sendo as mais relevantes os primeiros socorros (37%), o salvamento e/ou recolha de animais (33%) e acidentes aquáticos/socorro a náufragos (13%), tendo a respetiva viatura estado 93 dias no terreno, durante 930 horas, e percorrido 9.519km (média diária de 102km).

De referir que este projeto contou este ano com o apoio das seguintes entidades: capitanias dos portos de Peniche e de Cascais, Instituto de Socorros a Náufragos, Tecauto, Seguros Paixão, Seguros Fidelidade-Mundial, Kontraproduções, Transportes Paulo Duarte, Extincêndios, Pneutorres, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, Guarda Nacional Republicana, concessionários de praia do concelho de Torres Vedras e um conjunto de restaurantes de praias do mesmo (Hotel Promar, Grão de Areia, Bar Portal, Navio Restaurante, A Casa do Pisão, Noah, Búzio Bar, Bronzear Bar&Deli, Vela d’Ouro Restaurante, Pizzaria La Rampa, Pizzaria Mamma Mia, Esplanada Real “A Formosa”, Restaurante La Fontana, Varandinha Bar, Hotel Restaurante Praia Azul, Acqua Beach Bar e Clube Naval da Assenta).

Como já é habitual na sessão de encerramento da época balnear no concelho de Torres Vedras, foi atribuído o Prémio Cidadania, o qual visa, recorde-se, distinguir uma ação ou comportamento que se traduza numa atitude de cidadania relevante no sentido da prevenção e socorro dirigidos aos utilizadores das praias deste território. Este ano o prémio foi por decisão do júri entregue à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, por não ter existido conhecimento de nenhuma atitude de cidadania relevante durante o decorrer da época balnear.

Também como já é habitual nesta sessão, a Câmara Municipal de Torres Vedras aproveitou para entregar diplomas de agradecimento aos nadadores-salvadores que estiveram em funções durante o verão nas praias do concelho de Torres Vedras.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.