publicidade

Época balnear terminou no concelho de Torres Vedras

A praia de Santa Rita foi o cenário escolhido este ano pela Câmara Municipal de Torres Vedras para realizar a sua sessão de encerramento da época balnear.

Esta teve lugar no restaurante Grão de Areia, no dia 17 de setembro, reunindo vários intervenientes ligados à segurança balnear no concelho de Torres Vedras.

Na ocasião foi efetuado um balanço do projeto Praia Segura, o qual foi criado em 2009, e consiste no patrulhamento da costa do concelho de Torres Vedras, com especial incidência nas praias não vigiadas, por um nadador salvador e um elemento da Autoridade Marítima Nacional numa viatura devidamente equipada para a prestação do serviço de prevenção e assistência a banhistas. Ao todo, este projeto foi responsável por 24 intervenções (número mais baixo em relação a anos anteriores), sendo as mais relevantes os primeiros socorros (37%), o salvamento e/ou recolha de animais (33%) e acidentes aquáticos/socorro a náufragos (13%), tendo a respetiva viatura estado 93 dias no terreno, durante 930 horas, e percorrido 9.519km (média diária de 102km).

De referir que este projeto contou este ano com o apoio das seguintes entidades: capitanias dos portos de Peniche e de Cascais, Instituto de Socorros a Náufragos, Tecauto, Seguros Paixão, Seguros Fidelidade-Mundial, Kontraproduções, Transportes Paulo Duarte, Extincêndios, Pneutorres, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, Guarda Nacional Republicana, concessionários de praia do concelho de Torres Vedras e um conjunto de restaurantes de praias do mesmo (Hotel Promar, Grão de Areia, Bar Portal, Navio Restaurante, A Casa do Pisão, Noah, Búzio Bar, Bronzear Bar&Deli, Vela d’Ouro Restaurante, Pizzaria La Rampa, Pizzaria Mamma Mia, Esplanada Real “A Formosa”, Restaurante La Fontana, Varandinha Bar, Hotel Restaurante Praia Azul, Acqua Beach Bar e Clube Naval da Assenta).

Como já é habitual na sessão de encerramento da época balnear no concelho de Torres Vedras, foi atribuído o Prémio Cidadania, o qual visa, recorde-se, distinguir uma ação ou comportamento que se traduza numa atitude de cidadania relevante no sentido da prevenção e socorro dirigidos aos utilizadores das praias deste território. Este ano o prémio foi por decisão do júri entregue à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, por não ter existido conhecimento de nenhuma atitude de cidadania relevante durante o decorrer da época balnear.

Também como já é habitual nesta sessão, a Câmara Municipal de Torres Vedras aproveitou para entregar diplomas de agradecimento aos nadadores-salvadores que estiveram em funções durante o verão nas praias do concelho de Torres Vedras.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.