Todos os medalhados na Solene de Celebração do Feriado Municipal de Torres Vedras
publicidade

Um renovado Teatro-Cine de Torres Vedras, que foi alvo de obras de beneficiação, acolheu na noite do dia 10 de novembro a Sessão Solene de Celebração do Feriado Municipal de Torres Vedras.

No decorrer desta sessão foi atribuída à Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras, que completa em 2020 cinco séculos de existência, a mais alta condecoração do Município de Torres Vedras: a medalha de mérito municipal de honra grau ouro.

A iniciar esta Sessão Solene de Celebração do Feriado Municipal de Torres Vedras usara da palavra o presidente da Assembleia Municipal de Torres Vedras, que aproveitou a ocasião para homenagear os torrienses que faleceram devido à doença Covid-19. Na sua intervenção, José Augusto de Carvalho relevou o valor da liberdade conquistado com a “Revolução dos Cravos”, mas lembrou que o mesmo acarreta também responsabilidade, tendo recordado Winston Churchill, segundo o qual a Democracia não é um sistema político perfeito, mas é o melhor até hoje criado pelo Homem. O presidente da Assembleia Municipal de Torres Vedras frisou ainda o direito de todo o indivíduo à justiça e à dignidade, bem como a obrigação da comunidade de ajudar os mais desfavorecidos, o que tem, de resto, segundo as suas palavras, acontecido em Torres Vedras.

Foram nesta Sessão Solene de Celebração do Feriado Municipal de Torres Vedras atribuídas as seguintes condecorações municipais:

Medalhas de bons serviços a funcionários da Câmara Municipal de Torres Vedras distinguidos pelos seus 25 anos de serviço

  • Alberto Carlos Abrantes, Arnaldo Reis, Bárbara Cristiana Rodrigues, Carla Maria Gomes, Carlos Pedro Gomes, Dulce Maria Clímaco, Francisco José Alves, Gilberto José Martins, Hortência Maria Ferreira, João Carlos Santos, João Francisco Félix, Luís António Cunha, Luís Miguel Canas, Maria Joana Monteiro, Maria Otília Francisco, Mário Luís Alves, Mário Miguel Alfama, Nélson Manuel Henriques, Paulo Rui Mota, Pedro Miguel João, Raul Alexandre Gomes e Vítor Manuel Pinto

Medalhas de bons serviços a funcionários dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Torres Vedras distinguidos pelos seus 25 anos de serviço

  • Antónia Luís e Paulina Maria Teodoro

Medalha de bons serviços a funcionária da Freguesia de Santa Maria, S. Pedro e Matacães distinguida pelos seus 25 anos de serviço

  • Filomena Maria Nunes

Medalhas atribuídas aos melhores alunos do ensino secundário e profissional do concelho de Torres Vedras (grau cobre)

  • Ricardo Martins (Escola Internacional de Torres Vedras)
  • Filipa Daniela Ferreira (Escola de Serviços e Comércio do Oeste)
  • Pedro Miguel Pechincha (Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal)
  • Jéssica Alexandra Martins (SEMINFOR)
  • Francisco José Ferreira (Externato de Penafirme)
  • Tiago Santos (Escola Secundária Madeira Torres)
  • Mário Miguel Duarte (núcleo de Torres Vedras do CENFIM – Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica)
  • Diogo João Silva (Escola Secundária Henriques Nogueira)

Outras medalhas de grau cobre

  • Académico de Torres Vedras (pelos seus 25 anos de existência)
  • Centro de Acolhimento de S. Pedro (pelos seus 25 anos de existência)
  • Francisco Diogo Cruz (campeão Nacional de Surf Master)
  • Jaime Ambrósio (campeão nacional de pista Master 60)

Medalhas de grau prata

  • Cerca Futebol Clube (pelos seus 50 anos de existência)
  • Associação Agrária de Cultura e Recreio de Bonabal (pelos seus 50 anos de existência)
  • Tina Automóveis (pelos seus 50 anos de existência)
  • Fruticampo – Sociedade Agrícola e Comercial de Frutas, Lda (pelos seus 50 anos de existência)
  • Leonel Miranda (ciclista)
  • António Manuel Moraes (escritor)
  • António José Ferreira (empresário)

 Medalha de honra grau ouro

  • Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedras (pelos seus 500 anos de existência) 

A Sessão Solene Celebrativa do Feriado Municipal de Torres Vedras chegou ao seu término com o momento musical Jangada de Pedra, protagonizado por Martin Sued (bandoneonista e compositor de Buenos Aires) e Marco Santos (baterista e compositor nacional), uma performance integrada no 17.º Festival Internacional de Acordeão de Torres Vedras – Acordeões do Mundo.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here