Torres Vedras apoia organizações de economia social com 100 mil euros
publicidade

As organizações de economia social do concelho de Torres Vedras poderão recorrer novamente a um apoio financeiro, de forma a enfrentar as consequências da pandemia de COVID-19. A medida, aprovada na reunião de câmara de 17 de fevereiro, irá disponibilizar 100 mil euros para salvaguardar a sustentabilidade financeira destas organizações. O objetivo passa por garantir o funcionamento regular das respostas prestadas pelas instituições do Concelho.

O apoio poderá vir a contemplar até 20 instituições. O valor máximo a atribuir é de 10 mil euros, montante que será atribuído a cinco instituições, de acordo com os critérios de avaliação. Segue-se um apoio de 5 mil euros, para outras cinco instituições, e um apoio de 2.500 euros, para as restantes 10 instituições.

Os critérios de atribuição do apoio têm em conta situações de comprovada quebra de resultados líquidos entre os meses de janeiro de 2020 e janeiro de 2021, como consequência direta da pandemia; a variação do número de trabalhadores da instituição entre os meses de janeiro de 2020 e janeiro de 2021; e medidas de reestruturação de serviços/respostas adaptadas à nova realidade e implementadas pela instituição.

A medida destina-se às instituições particulares de solidariedade social (IPSS) da Rede Social de Torres Vedras, assim como a outras entidades de utilidade pública, de cariz social, com área de intervenção no Concelho. As candidaturas decorrem até dia 14 de março. Consulte as condições de acesso e o formulário de candidatura.

Em 2020, a Câmara Municipal de Torres Vedras já havia prestado apoio financeiro a 20 organizações de economia social do Concelho.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here