publicidade

O Município de Torres Vedras assinou a Declaração Europeia das Cidades Circulares no passado dia 23 de julho. Torres Vedras junta-se, assim, às 28 cidades europeias que já haviam subscrito o documento, que foi apresentado na 9ª Conferência Europeia sobre Cidades e Vilas Sustentáveis – Mannheim2020.

O objetivo passa por garantir que as cidades atuam como uma força conjunta rumo à circularidade. De forma a acelerar a transição de uma economia linear para uma economia circular, as cidades e regiões que assinam a declaração comprometem-se a atuar como embaixadores e defender uma economia circular a caminho de uma sociedade com eficiência de recursos, de baixo carbono e socialmente responsável.

Através do trabalho em rede, os signatários irão contribuir para aumentar a consciencialização sobre os benefícios políticos, sociais, ambientais e financeiros a longo prazo da economia circular. Para isso, as cidades irão estabelecer metas e estratégias, promover o envolvimento de agentes locais e aplicar incentivos económicos que encorajem o comportamento circular, entre outras medidas como a integração de princípios de circularidade no planeamento urbano e na gestão de ativos.

A assinaura da Declaração Europeia das Cidades Circulares insere-se na aposta do Município de Torres Vedras na promoção da economia circular. O Município subscreveu o Pacto Institucional para a Valorização da Economia Circular na Região Centro, integra o projeto piloto “Centro Green Deal em Compras Públicas – Centro GD” no âmbito da Agenda Regional de Economia Circular do Centro, é membro do “Procura+ – European Sustainable Procurement Network” e aderiu à Associação das Cidades e Regiões para a Gestão Sustentável de Recursos.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here