TORRES VEDRAS: Associação pede voluntários para dar “colinho” a bebés
publicidade

“Temos na nossa casa três bebés, com menos de seis meses, a precisar de muito colinho, estimulação e tempo só para eles”, pode ler-se numa publicação divulgada Associação Renascer CAT – Centro Comunitário de Torres Vedras.

Para ser “voluntário de colinho” é necessário “ter mais de 18 anos”, “disponibilidade de duas a três horas por semana durante o fim de semana ou de 2ª a 6ª feira no período da tarde” e “ter muitos miminhos para dar”.

Ainda segundo a nota divulgada, a Renascer CT oferece o  seguro inerente ao voluntariado. 

O Centro de Acolhimento Temporário Para Crianças em Risco (CAT) Renascer, destina-se a acolher crianças dos 0 aos 12 anos, em situação de perigo. São muitas vezes crianças privadas do meio familiar, vítimas de violência, negligência ou maus tratos, provenientes de famílias cuja situação exija apoio transitório que permita a estabilização de vida familiar. O CAT Renascer pressupõe o acolhimento temporário até 6 meses podendo, no entanto, prologar-se de acordo com as características de cada criança e a definição do seu projeto de vida

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here