publicidade

O Castro do Zambujal foi o local que o Município de Torres Vedras escolheu para este ano assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

“Passados complexos, futuros diversos” foi o tema desta data comemorativa em 2021.

Assim, na manhã deste domingo, dia 18 de abril, foi proporcionada uma visita àquele monumento, na qual os participantes puderam ficar a conhecer a história do mesmo (com a observação de objetos como vasos campaniformes, enxós, machados e sílex), tendo ainda sido efetuado o reconhecimento de algumas plantas que surgem espontaneamente no local, bem como de árvores que existem na respetiva zona (como é o caso do zambujo, árvore associada à origem do nome do Castro do Zambujal).

Recorde-se que o Castro do Zambujal é um dos mais importantes monumentos do calcolítico peninsular, caracterizado pela denominada cultura campaniforme, sendo monumento nacional desde 1946. Os habitantes do Castro do Zambujal dedicavam-se, há cinco milénios atrás, a atividades relacionadas com a prospeção, mineração e metalurgia do cobre, mantendo relações comerciais, tanto no território peninsular, como por toda a Europa. O Castro do Zambujal foi no século passado e no atual local de diversas campanhas arqueológicas orientadas pelo Instituto Arqueológico Alemão, tendo recentemente sido alvo de um projeto de valorização que pretendeu promover a sua conservação e restauro, bem como possibilitar a sua fruição pública enquanto destino turístico-cultural. 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here