publicidade

Torres Vedras está acima da média regional.

A cidade de Torres Vedras foi distinguida como uma cidade “Lista A-”, pelo Carbon Disclosure Project (CDP). A mesma recebeu ainda destaque nas categorias de Adaptação e Ação de Mitigação, segundo dados apresentados no relatório de 2023 do CDP-ICLEI Track.

Este relatório relaciona o impacto da ação climática em cidades de todo o mundo, com as iniciativas realizadas que contribuíram para uma maior sustentabilidade urbana.

Pode ler-se no relatório que Torres Vedras “demonstrou padrões de boas práticas em adaptação e mitigação, definiu objetivos ambiciosos e fez progressos para alcançar esses objetivos”.

“A Câmara Municipal de Torres Vedras tem vindo a dar o seu contributo para a criação e desenvolvimento de ações e estratégias sustentáveis de âmbito ambiental, também previstas na Agenda 2030 e incluídas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, disse Laura Rodrigues, Presidente da Câmara de Torres Vedras, em declarações à ON FM.

Esta conquista envolve “vários setores como a Educação, Participação, Urbanismo ou Turismo, entre outros, e envolvendo também os torrienses”, disse.

Laura Rodrigues referiu que o reconhecimento pelo CDP é uma oportunidade da cidade ser “exemplo para que cada vez mais entidades contribuam para o que são, afinal, objetivos comuns e um dos desafios mais significativos do século XXI”.

Há que realçar que, a média da região Oeste se encontra inserida na lista B. Sendo que, Torres Vedras tem a maior pontuação da regional, em ambas as categorias de Adaptação e Mitigação.

Este resultado é fruto de uma evolução positiva por parte do município. “Torres Vedras começou por ser distinguida com a categoria D, passando pela C e B e, por isso, alcançarmos em 2023 a distinção A- é um forte indício de que estamos, todos nós torrienses, no caminho certo”, concluiu Laura Rodrigues.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here