publicidade

A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, iniciou a construção do Centro Escolar do Ramalhal, um investimento de cinco milhões de euros, disse hoje a sua presidente.

Laura Rodrigues afirmou à agência Lusa que a empreitada foi consignada e já teve início.

A obra tem um custo de cerca de cinco milhões de euros e um prazo de execução de dois anos, depois de ser consignada.

A intervenção permite requalificar o parque escolar do concelho, melhorar as condições de ensino e aprendizagem e consolidar os objetivos da escola a tempo inteiro através do encerramento de escolas de pequena dimensão, justificou o município em julho, quando aprovou lançar concurso para a obra.

Por decorrer durante os próximos dois anos, o município repartiu a despesa por cada ano em cerca de 2,3 milhões de euros, acrescidos de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA).

Para a construção, a autarquia contraiu um empréstimo de 5,1 milhões.

O município traçou como prioridade deste mandato construir, até 2021, 10 novos centros escolares, um investimento estimado em 32 milhões de euros, para o qual está a recorrer a financiamento bancário.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here