publicidade

A Câmara Municipal de Torres Vedras dinamizou o evento European Social Economy Regions (ESER) 2020, que decorreu em meio digital, entre 13 de maio e 9 de junho. A iniciativa, realizada no âmbito do programa da Rede de Cidades Portuguesas — Capital Europeia da Economia Social 2021, foi dedicada ao tema “Emprego inclusivo, empreendedorismo e inovação social”.

Este evento, que estava previsto ocorrer em 2020, constituiu um marco importante na discussão e aquisição de saberes que podem ser local e regionalmente aplicados, no âmbito da cocriação de processos que tornem o território num laboratório vivo, em prol da promoção da inovação e da economia social.

O ESER 2020 foi composto por três conferências, um workshop e uma mesa redonda. A primeira conferência, subordinada ao tema “Economia social, empreendedorismo social e criação de emprego”, decorreu a 13 de maio, com 31 participantes. As outras duas conferências, que decorreram a 20 e 27 de maio, foram dedicadas a projetos inovadores internacionais e nacionais, respetivamente, nas áreas do emprego inclusivo, empreendedorismo e inovação social e reuniram, no total, 66 participantes.

No dia 2 de junho, teve lugar um workshop sobre “Modelo Canvas para a Economia Social”, que contou com 27 participantes. “Como promover localmente a Economia Social? – A construção de projetos empreendedores e inovadores, e o desenvolvimento da Economia Social no meu Município” foi o tema da mesa redonda, realizada a 9 de junho, com 33 participantes.

Lançada em 2018, a iniciativa ESER é uma resposta da Comissão Europeia à necessidade crescente de aumentar a visibilidade da economia social e de construção de redes de stakeholders a nível regional e local. A iniciativa consiste na realização de um conjunto de eventos de conscientização sobre Economia Social, que decorrem nas regiões e cidades participantes.

Em 2019, Torres Vedras realizou o primeiro evento ESER, que convergiu para um encontro da Rede Europeia de Cidades e Regiões da Economia Social (REVES). O Município voltou a candidatar-se para acolher a iniciativa em 2020, mas essa edição foi adiada para 2021. Assim, Torres Vedras acolhe duas edições do evento este ano, a de 2020, que já se realizou, e a de 2021, a realizar em novembro.

A Rede de Cidades Portuguesas — Capital Europeia da Economia Social 2021 visa contribuir para as principais prioridades e objetivos estratégicos da União Europeia (UE), trabalhar ativamente com a UE na promoção dos valores e princípios da Economia Social e trabalhar em rede, potenciando a partilha de boas práticas no âmbito da Economia Social. Além do Município de Torres Vedras, a Carta de Compromisso da Rede de Cidades Portuguesas — Capital Europeia da Economia Social 2021 também foi subscrita pelos municípios de Braga, Cascais, Coimbra e Sintra, assim como pela CASES.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here