Torres Vedras quer 30 quilómetros/hora como limite de velocidade em toda a cidade
publicidade

A Câmara Municipal de Torres Vedras quer aplicar a proibição de circular a mais de 30 quilómetros por hora na cidade para prevenir acidentes com vítimas, disse hoje o presidente da autarquia.

“Vamos ter de implementar, de forma gradual na cidade, o limite de velocidade de 30 quilómetros/hora, como forma de prevenir acidentes e inerentes danos físicos”, disse à agência Lusa Carlos Miguel, acrescentando que vai avançar “a prazo” com a medida em toda a cidade.

A Rua Henriques Nogueira, junto a várias escolas da cidade, já tem esse limite de velocidade há vários anos.

A proibição de velocidades excessivas da cidade vai ser a próxima medida do Plano de Mobilidade, depois de há um ano terem entrado em vigor novas regras de parqueamento, aumentando o estacionamento pago, apesar de a maioria dos lugares serem gratuitos, e criando bolsas de estacionamento para residentes.

Um ano depois, a população já aderiu às novas regras, o estacionamento “está mais disciplinado” e há “menos ruído e poluição na cidade”.

Para implementar as novas regras de estacionamento, o município atribuiu a gestão e fiscalização à empresa municipal Promotorres, que em média arrecada por mês 70 mil euros, ou seja, 840 mil euros por ano, acima das despesas.

Por esse motivo, a autarquia está “a transferir” para a Promotorres tarefas e despesas relativas à área do trânsito, como colocação de sinalética ou pintura de passadeiras e de raias amarelas.

Através da fiscalização do estacionamento, a Promotorres levanta por mês entre 1.200 a 1.600 autos de contraordenação, que resultam em multa, sobretudo por estacionamento sem pagamento ou em local não autorizado.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.