publicidade

O executivo municipal foi alvo de uma recomposição, tendo a respetiva cerimónia acontecido hoje, antecedendo a sessão ordinária do mesmo.

Tal deveu-se, recorde-se, à integração de Carlos Miguel, ex-presidente da Câmara Municipal, no XXI Governo Constitucional, onde ocupa o cargo de secretário de estado das autarquias locais.

E foi a Carlos Miguel que coube o último discurso da cerimónia, tendo no mesmo afirmado que dificilmente terá uma experiência política tão enriquecedora como a que teve até há poucos dias como líder do executivo municipal.

Antes de Carlos Miguel tinham discursado o presidente da Assembleia Municipal, Alberto Avelino, e o provincial português da Ordem Franciscana, Vítor Melícias.

O ato havia tido início com a tomada de posse de Carlos Bernardes como presidente da Câmara Municipal (que mantém o pelouro do Ambiente e Sustentabilidade) e de Hugo Lucas como vereador (que terá a seu cargo os pelouros de Infraestruturas e Obras Municipais, Gestão de Áreas Urbanas, Transportes e Trânsito e Mobilidade).

Na sua intervenção, Carlos Bernardes dirigiu-se a vários dos muitos presentes que encheram o Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho, tendo feito como única promessa a de “trabalho, trabalho, trabalho”. O novo líder do executivo municipal vincou ainda a ideia deste órgão continuar a ter “o objetivo de levar Torres Vedras na senda do progresso” e que a autarquia a que preside continuará a ajudar a ligar todas as “pequenas peças do enorme puzzle que é o organismo vivo Torres Vedras”.

No final da sua intervenção, Carlos Bernardes citou ainda o ex-secretário-geral da ONU, Koffi Annan: “O nosso maior desafio neste século é pegar numa ideia que parece abstrata – Desenvolvimento Sustentável – e de torná-la numa realidade para todas as pessoas do mundo”.

De referir que Carlos Bernardes desempenhou desde 2005 o cargo de vice-presidente da Câmara Municipal e entre 2003 e 2005 o de vereador nesta autarquia. De 1997 a 2001 fora vereador na Câmara Municipal do Sobral de Monte Agraço onde teve a seu cargo o pelouro do Turismo. É desde 1988 funcionário público. Licenciado em Gestão de Empresas Turísticas e Hoteleiras e doutorando em Turismo, tem também desempenhado outros cargos de relevo como os de vice-presidente da ASSECOS – Associação para a Energia e Construção Sustentável, de presidente da mesa da Assembleia Geral da AMEGA – Associação de Municípios para Gestão da Água, de membro do comité político da rede Civitas ou de embaixador em Portugal do projeto Quality Coast.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.