publicidade

A Câmara de Torres Vedras está a efetuar obras em antigas escolas primárias para as transformar em incubadoras de empresas, onde pretende criar 30 novos postos de trabalho, de acordo com o projeto hoje apresentado.

O presidente da câmara, Carlos Bernardes, disse que as antigas escolas que estão a ser intervencionadas são as das localidades de Casal Barbas, Cadriceira e Figueiredo, que a partir de outubro vão acolher empreendedores ligados a negócios da economia verde.

O “Ecocampus”, como se designa a plataforma empreendedora, foi hoje apresentado e aponta para a criação de 10 empresas.

Rui Miguel Coelho, diretor executivo do Ecocampus, explicou que, numa lógica de sustentabilidade dos recursos, pretende-se “reutilizar património e voltar a dar-lhe vida”, mantendo materiais usados na construção das antigas escolas, como as antigas ardósias, e efetuando melhorias para tornar os imóveis em espaços empresariais e torná-los mais sustentáveis do ponto de vista energético. “Antes de fazer coisas novas, é importante reaproveitar recursos para tornar a economia mais sustentável”, sublinhou.

Na estrutura dos edifícios, as empresas aderentes podem vir mesmo a instalar os seus produtos, com os objetivos de apetrechá-los de melhores condições e demonstrar os seus serviços.

Durante o primeiro ano, os empreendedores que se queiram instalar não vão ter quaisquer custos de utilização das instalações e de comunicações, vão dispor de ajuda técnica na criação do modelo de negócio, na elaboração de candidaturas a financiamento comunitário ou ajuda na angariação de investimento para o seu negócio, além de formações, com o envolvimento de universidades.

Numa segunda fase, o município admite disponibilizar mais escolas devolutas para o projeto ser ampliado.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.