publicidade

O Parque Verde da Várzea, em Torres Vedras, acolhe na manhã do próximo dia 14 de novembro mais uma edição do Cross de Torres Vedras/Corta-Mato de Matos Velhos.

Depois de um interregno, de um ano, por razões pandémicas, este evento desportivo volta a realizar-se, constituindo-se como um dos espaços utilizados pela Federação Portuguesa de Atletismo para observação e seleção de atletas (juniores/sub-23/seniores, femininos e masculinos), com vista ao Campeonato da Europa de Cross Country, que terá lugar em Dublin (Irlanda), no próximo dia 12 de dezembro.

São vários os atletas de primeiro plano que estão garantidos para o Cross de Torres Vedras/39.º Corta-Mato de Matos Velhos, de entre os quais o campeão e o vice-campeão nacional da maratona, o vice-campeão nacional de corta-mato e o atleta do Sporting CP, Licínio Pimentel, que irá tentar uma terceira vitória no Cross de Torres Vedras/Corta-Mato de Matos Velhos, o que até agora só um masculino conseguiu (Riad Mohamed).

De realçar que um dos critérios para a seleção dos atletas nacionais para o Campeonato da Europa de Cross Country deste ano é a sua observação no Cross de Torres Vedras, razão pela qual este cross está a merecer justificada expetativa por parte dos respetivos intervenientes (atletas e técnicos).

Está também confirmada a participação das principais equipas nacionais de atletismo na edição de 2021 do Cross de Torres Vedras, como são os casos do Sporting CP, do SC Braga e do SL Benfica.

A organização do evento prevê a participação de cerca de um milhar de atletas no mesmo, oriundos de diversos pontos do país, os quais seguramente contribuirão para um cross de enorme qualidade, que se realizará num local com excelentes condições para este tipo de competição.

O início das provas está marcado para as 9h00, com a competição de veteranos, estendendo-se as mesmas até às 12h00, altura em que será dado o tiro de partida da competição de seniores masculinos.

O Cross de Torres Vedras/39.º Corta-Mato de Matos Velhos é uma organização da Câmara Municipal de Torres Vedras, Grupo Desportivo de Matos Velhos e União Desportiva do Oeste.

Recorde-se que o Cross de Torres Vedras/Corta-Mato de Matos Velhos é um dos mais importantes e emblemáticos crosses nacionais, sendo que têm participado no mesmo atletas de gabarito internacional, alguns deles com passagens pelos campeonatos da Europa e do Mundo de Atletismo, bem como pelos Jogos Olímpicos.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here