publicidade

A Sicasal-Constantinos-Delta Cafés foi a terceira melhor equipa na Taça de Portugal de ciclismo sub-23, concluídas que estão as quatro etapas da competição.

A última prova disputou-se este domingo na região de Aveiro com uma viagem de 152 quilómetros entre Anadia e Murtosa.

Numa corrida típica de final de época os atletas “torrienses” acusaram o natural desgaste causado  por uma época intensa, bem como pela recente participação na exigente Volta a Portugal do futuro.

Marcelo Salvador, que tinha sido forçado a abandonar a volta na segunda etapa, acabou por ser o Atleta mais esclarecido, cortando a meta na 21ª posição a 29 segundos do vencedor, o Vianense César Fonte da W52 FC Porto.

Com um pelotão em desaceleração normal deste fim de ciclo competitivo, o verdadeiro interesse da corrida fixava-se na disputa pelas camisolas de líder da taça. Enquanto nos elites a mesma não saiu do corpo de David Rodrigues da Radio Popular Boavista, já nos sub-23 a luta foi acesa até ao fim, com Francisco Campos do Mortágua a destronar André Carvalho da Liberty Seguros nos derradeiros metros desta última prova.

No rescaldo final da taça, Miguel Salgueiro foi o atleta mais regular da equipa de Torres Vedras terminando na 11ª posição do ranking sub-23, seguido de Marcelo Salvador em 18º, Tiago Henriques 25º, Diogo Sardinha 26º e Francisco Morais em 38º.

Para a conclusão da época, falta apenas disputar o Festival de Pista de Tavira que ocorrerá no próximo dia 5 de outubro nesta cidade Algarvia.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.