Troféu Joaquim Agostinho arranca amanhã no Turcifal
publicidade

O próximo fim de semana velocipédico tem para oferecer várias provas e passeios, destacando-se a 39.ª edição do Troféu Joaquim Agostinho e o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo.

O Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho disputa-se entre quinta-feira e domingo, recebendo equipas de quatro continentes – África, América, Ásia e Europa – que terão pela frente um prólogo e quatro etapas em linha.

Depois de, há um ano, a prova ter sido decidida apenas nos últimos metros, os locais de chegada repetem-se em 2016, esperando-se emoção até ao derradeiro sopro de corrida. Teoricamente, os escaladores levam vantagem, embora tenham de defender-se na jornada de abertura, um contrarrelógio individual de 8 quilómetros, a percorrer no Turcifal, a partir das 17h00 do dia 7 de julho.

A primeira etapa em linha, no dia seguinte, é a tirada mais longa, com 179 quilómetros a percorrer entre a Adega Cooperativa de S. Mamede da Ventosa e o alto de Montejunto. A meta coincide com uma contagem de montanha de primeira categoria. É uma escalada de 5,9 quilómetros (desde Pragança) com uma inclinação média de 7,4 por cento.

A segunda etapa, no sábado, 9, começa nas instalações de Santos & Santos, nas Palhagueiras, e termina no centro da cidade torriense, depois de percorridos 154,3 quilómetros, que incluem o tradicional Circuito de Torres Vedras, proporcionando ao público a oportunidade de ver os corredores em diferentes ocasiões, uma vez que a etapa só encerra à quinta passagem pela meta. É a única oportunidade para os velocistas, que, ainda assim, terão de resistir ao sobe e desce da serra da Vila, se quiserem disputar a tirada junto à estátua de Joaquim Agostinho.

A corrida termina no dia 10 com a viagem mais curta, 147 quilómetros, entre Atouguia da Baleia e o Parque Eólico da Carvoeira. A meta coincide com uma contagem de montanha de terceira categoria, mas antes de ali chegarem os corredores terão já ultrapassado outras duas subidas pontuáveis para a classificação dos trepadores.

Encontro Nacional de Escolas

Almeirim será, pelo terceiro ano consecutivo, a capital do ciclismo de formação, recebendo o sempre entusiasmante Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo, sábado e domingo. Estão inscritas 769 crianças, que vão participar na grande festa do ciclismo mais jovem, nas vertentes de estrada e de BTT.

No sábado, as corridas decorrem a partir das 16h00. No dia seguinte, as provas realizam-se durante a manhã, a partir das 9h00.

Em paralelo com o Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo, Almeirim acolhe, às 10h00 de domingo, o Campeonato Nacional de Fundo de Paraciclismo.

 

Mais eventos oficiais

8 a 10 de julho: 7.º GP Ciclismo de Estrada da Ilha Terceira, Açores

9 de julho, 20h00: Subida à Ermida – Campeonato Regional de Rampa, Vidago

9 de julho, 20h00: 2.ª Resistência Noturna de Mação

9 de julho, 21h00: 3.º Urban Night Bike, Gondomar

10 de julho, 8h30: 3.º Granfondo da Serra da Estrela, Seia

10 de julho, 9h00: 10.ª Maratona BTT LAAC/LAACAR, Águeda

10 de julho, 9h00: 4.ª Prova da Taça do Algarve de XCM, Amoreiras Gare

10 de julho, 9h30: 5.ª Maratona BTT Douro Pombalino, Régua

10 de julho, 10h00: Maratona BTT de Melgaço

10 de julho, 14h00: Downhill Urbano de Miranda do Corvo

12 de julho, 18h00: Circuito de S. Tomé, Paredes do Bairro, Anadia

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here