publicidade

Viver a aventura e completar um percurso de mais de 770 quilómetros por caminhos rurais entre Madrid e Lisboa em BTT, é este o grande desafio que os Atletas do ATV vão enfrentar na POWERADE Madrid-Lisboa MTB NONSTOP 2015.

Uma prova única, um verdadeiro teste para os mais corajosos, que permite viver a experiência de atravessar a Península Ibérica, desfrutando das magníficas paisagens da Serra de Gredos, do Vale do Jerte e das Lezírias do Tejo, de dia e de noite, sem parar.

A participação é aberta a todos os tipos de fãs de Mountain Bike, com grande espírito de equipa e que procuram uma nova forma de testar os seus limites, desfrutando do desporto através desta grande aventura e partilhando experiências com os restantes companhei­ros de equipa, que perdurarão para sempre na memória de cada um.

É uma competição em modo estafeta. Ao longo dos 770 kms de prova, existem 10 locais específicos para passagem de testemunho, que funcionam também como estações de hidratação, onde nada falta para suprimir as necessidades de recuperação de cada Atleta.

Para as equipas mais competitivas a fasquia está nas 28 horas (vencedor 2014), sendo o prazo limite para a conclusão da prova, de 55 horas.

Profissionais ou Amadores, mais rápidos ou mais lentos, todos alcançarão a sua glória ao chegar à meta final, instalada no emblemático Parque das Nações.

A equipa ATV é composta pelos sócios Alexandre Elias, Francisco Macieira, Paulo Serra e Pedro Narciso e participa com o número 480 na categoria “Embaixador”, assumindo a responsabilidade de representar a nossa cidade – Torres Vedras.

A equipa ATV orgulha-se de ter garantido mais de 90% do apoio necessário através de empresas Torreenses e aproveita a oportunidade para agradecer à RIBERALVES, AGRIREGA, SHIMANO, CHAGAS, THERMOQUÍMICA, OXI, PIZZARIA DOSE, CONFRARIA DA HORTA e AFTER TWO, sem as quais a participação na prova não seria possível.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.