publicidade

 

O Município de Torres Vedras viu aprovada a sua candidatura ao Programa Operacional Regional do Centro para a requalificação da Unidade de Cuidados de Saúde de São Mamede da Ventosa, sob o eixo prioritário de “fortalecer a coesão social e territorial (Aproximar e Convergir)” que atribui prioridade a investimentos na área da saúde e nas infraestruturas sociais que contribuem para o desenvolvimento nacional, regional e local. Esta candidatura foi elaborada conjuntamente com Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P.

Esta prioridade de investimento visa a redução das desigualdades de saúde, a promoção da inclusão social através da melhoria do acesso aos serviços sociais, culturais e recreativos, e da transição dos serviços institucionais para os serviços de base comunitária.

Esta candidatura incide sobre a ampliação e reabilitação da Extensão de Saúde de São Mamede da Ventosa que funciona no piso térreo de um edifício que alberga atualmente, nos restantes pisos, as instalações da Junta de Freguesia da Ventosa. Este edifício tem 735 m2 e aproximadamente 30 anos, mas a construção apresenta-se em estado médio de conservação/deterioração, com alguma patologias e desadequado quanto à sua funcionalidade, desempenho e imagem.

A obra de requalificação agora aprovada pretende, assim, melhorar as infraestruturas físicas da Extensão de Saúde de São Mamede da Ventosa associadas à prestação de cuidados médicos primários, contribuindo para a melhoria na qualidade da prestação de cuidados médicos, de enfermagem, atendimento e acolhimento de utentes, possibilitando igualmente uma melhoria das condições de trabalho dos profissionais.

A intervenção proposta é dirigida ao edifício na sua totalidade, ficando unicamente afeto à unidade de saúde, possibilitando assim um aumento de espaço destinado aos cuidados de saúde, com o consequente aumento na tipologia e diversidade na oferta de serviços de proximidade.

Prevê-se a melhoria do acesso, mediante a possibilidade de reforço da cobertura de médico de família que venha a colmatar os utentes do Pólo da Ventosa que atualmente ainda não têm médico de família, bem como um aumento da qualidade assistencial. Ainda no quadro de racionalização e reconfiguração de estruturas, pretende-se que esta Extensão de Saúde abranja, a curto prazo, os cerca de 5300 residentes da Freguesia da Ventosa e possa integrar, num futuro próximo e enquanto Pólo, uma Unidade de Saúde Familiar.

A candidatura para Requalificação da Unidade de Cuidados de Saúde de São Mamede da Ventosa foi elaborada pelo Município de Torres Vedras conjuntamente com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. mediante Protocolo de Cooperação assinado entre ambas as partes. Para a realização das obras de ampliação e reabilitação será celebrado um Contrato‐Programa com esta mesma entidade, nos termos do qual serão definidas as obrigações de cada uma das partes bem como as funções da comissão de acompanhamento da empreitada. Esta operação encontra‐se consagrada no Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Comunidade Intermunicipal do Oeste e representa um investimento de cerca de 678.000,00 euros cofinanciado em 85% pelo Programa Operacional Regional do Centro, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A conclusão da obra está prevista para o mês de novembro de 2018.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.