Vinho e Pastel de Feijão de Torres Vedras premiados no Dia Mundial do Enoturismo
publicidade

No dia em que se assinala o Dia Mundial do Enoturismo, a Câmara Municipal de Torres Vedras distinguiu dois produtos de excelência do território – o Vinho e o Pastel de Feijão de Torres Vedras. A cerimónia de entrega de prémios dos concursos das Festas da Cidade de 2020 decorreu ontem, 8 de novembro, na Adega Cooperativa de São Mamede da Ventosa. 

Fonte Santa 2018 (Santos & Santos – Companhia de Vinhos) foi o vencedor do concurso de vinhos brancos, tendo no mesmo Marco Velho 2019 (Adega Cooperativa de Dois Portos) arrecadado o segundo lugar e Velhos Tempos Reserva Arinto 2019 (Adega Cooperativa da Carvoeira) o terceiro.

Já no que refere ao concurso de vinhos tintos, Caves Barbosa – Colheita selecionada 2019 (LAC e LB Vinhos Unipessoal) foi o grande vencedor, seguido de Portas do Vale 2018 (Quinta da Almiara – Sociedade Vitivinícola) em segundo, e Reserva 2015 (Sociedade Agrícola da Gama – Quinta da Boa Esperança) em terceiro.

As provas cegas dos vinhos brancos e tintos tiveram lugar no dia 3 de novembro, sob a direção técnica de Ilda Caldeira, do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), e contaram com um painel de oito provadores: Sara Canas e João Brazão, do INIAV, Luís Fernando Louret, da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, Ricardo Noronha, da Confraria dos Enófilos da Estremadura, Almiro Vilar, da Associação de Escanções de Portugal, Jorge Páscoa, da Associação Portuguesa de Enologia e Viticultura, Vitória Gamboa Pais, da Associação Portuguesa dos Jovens Enófilos, e Tiago Paula, da Revista Escanção. Na prova cega de vinho branco estiveram 11 vinhos a concurso e na prova cega de vinho tinto estiveram presentes 13 vinhos.

No concurso de Pastel de Feijão de Torres Vedras, a marca Serra da Vila conquistou o primeiro, tendo ficado em segundo a marca Fábrica Coroa e em terceiro a marca Maria Adelaide R. Silva.

A prova cega deste concurso decorreu no dia 5 de novembro, na Associação Comercial, Industrial e de Serviços da Região Oeste (ACIRO), e nela estiveram representadas 11 marcas. A orientação técnica esteve a cargo de Ana Soeiro, da Associação Qualifica/OrigIN Portugal e o júri foi composto por quatro elementos: Jorge Ferreira, designado pela Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Antunes, designado pela ACIRO, e Luís Mira e Ana Soeiro, designados pela Associação Qualifica/OrigIN.

Os vinhos Fonte Santa 2018 e Caves Barbosa – Colheita selecionada 2019 e o pastel de feijão da marca Serra da Vila irão integrar as ofertas institucionais da Câmara Municipal de Torres Vedras em 2021.

A cerimónia de entrega de prémios teve início com a atuação do grupo Alma Menor, que combina a sonoridade forte e vibrante da gaita de fole com a riqueza de timbres do acordeão.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here