Vitória categórica em Fafe
publicidade

O atleta João Ferreira foi o brilhante vencedor do “Prémio Cidade de Fafe”, prova que assinalou no sábado a abertura da época competitiva nacional para o ciclismo júnior.

A cidade que é “sala de visitas do minho” e terra mítica no panorama do ciclismo nacional, recebeu os atletas com um fantástico dia de sol e a corrida começou animada por uma fuga a quatro que rolou na dianteira por cerca de 50 quilómetros. Diogo Sousinha, atleta nazareno que se estreou pela Academia Joaquim Agostinho / UDO foi um dos protagonistas, mas com o aproximar das dificuldades da parte final do percurso, a iniciativa que chegou a ter cerca de 1 minuto de vantagem, foi desfeita pelo pelotão e a corrida tomou um novo rumo. Onze atletas destacaram-se na dianteira com o objetivo da vitória, mas já dentro da cidade de Fafe, João Ferreira disferiu o último ataque sobre o piso empedrado da reta final e triunfou isolado ao fim de 1 hora e 55 minutos de prova.

Daniel Gonçalves cruzou a meta na 13ª posição 45 segundos depois do companheiro de equipa e 30 segundos antes do trio formado por Diogo Pinto, Tiago Costa e Paulo Pereira que concluíram juntos no top 25 da classificação. O resultado do excelente trabalho de todos os elementos da equipa, coroou a Academia de Torres Vedras como a 2ª melhor formação na prova minhota.

Dias é “Rei” da Montanha em Barroselas

No 23º Prémio de Ciclismo de Barroselas disputado no domingo, Diogo Dias destacou-se a partir da segunda volta ao integrar uma fuga a 7 que animou a corrida até ao seu desfecho. Manteve-se na frente até à derradeira linha de meta, mas apesar da combatividade demonstrada, o atleta da Academia torriense viria a perder a disputa com João Silva do Bairrada Cycling Team, que venceu a prova. Terminou na 2ª posição da geral e com as duas contagens de montanha que conquistou, foi coroado “rei” dos trepadores da prova e ainda amealhou pontos suficientes para subir uma vez mais ao pódio para receber o troféu de 2º melhor na classificação das metas volantes. João Ferreira, que havia saltado do pelotão ao encontro do grupo que seguia na dianteira, terminou na 5ª posição, ajudando a equipa a conquistar o 3º lugar do pódio coletivo.

Cadetes na Volta a Cantanhede

Rafael Andrade terminou na 21ª posição a prova de abertura do calendário 2020 para cadetes que se disputou no domingo em Cantanhede. No final dos 80 km de corrida, o atleta do Bombarral chegou integrado no pelotão, gastando mais 46 segundos que o grande vencedor da jornada, António Morgado da Anipura-GDM. Numa prova sem percalços para os cinco atletas da Academia que se apresentaram à partida, Afonso Hermenegildo foi o 2º mais rápido da equipa ao concluir no 32º posto, enquanto Pedro Martins, Mário Hipólito e Miguel Malhado chegaram à meta juntos na 43ª, 50ª e 51ª posição. Com estes resultados, a equipa torriense foi a 7ª melhor em prova.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here