Voluntários promoveram conservação de natureza em Torres Vedras
publicidade

Ações de silvicultura e controlo de espécies invasoras foram algumas das atividades em que a equipa esteve envolvida.

Torres Vedras acolheu quatro jovens no âmbito do “LIFE Volunteer Escapes”, projeto de voluntariado da Comissão Europeia. Os voluntários, com idades compreendidas entre os 18 e os 30 anos, trabalharam com as equipas da Câmara Municipal de Torres Vedras em torno da conservação da natureza no Concelho.

Ações de silvicultura e controlo de espécies invasoras foram algumas das atividades em que a equipa esteve envolvida. Além de terem desenvolvido pesquisa sobre técnicas para propagação de camarinha – cuja presença no Concelho tem vindo a diminuir -, os voluntários puderam aplicar a técnica de descasque da acácia assimilada durante a visita à Mata da Machada, no Barreiro, que decorreu no dia 23 de janeiro. Sublinhe-se que a visita decorreu no âmbito do trabalho em rede com o projeto “LIFE Biodiscoveries”.

“Tive oportunidade de estar algum tempo em contacto com a natureza e de contribuir para os pequenos passos que se tentam dar hoje em dia em direção ao equilíbrio que se foi perdendo” afirmou Sandra Isidro, a primeira voluntária que integrou o projeto em Torres Vedras. “Chamar a atenção da população e envolvê-la nestas questões traz-me a sensação de dever cumprido, porque a sensibilização e a participação de todos é essencial quando se trata deste tipo de assuntos” disse em jeito de balanço, após o término do período de voluntariado.

A remoção da espécie chorão-das-praias, a beneficiação de camarinhas, a plantação de espécies – como a que decorreu no âmbito da Semana de Reflorestação Nacional – e a limpeza do areal da costa torriense estiveram no centro das atividades desenvolvidas pelo grupo de voluntários.

Sublinhe-se que o “LIFE Volunteer Escapes” se enquadra no Corpo Europeu de Solidariedade. O objetivo passa por capacitar os jovens para a conservação da natureza, através de trabalho prático de gestão das áreas da Rede Natura 2000.

Novo período de candidaturas 

Encontra-se a decorrer o período de candidaturas para o projeto “LIFE Volunteer Escapes”. Em causa está um projeto de voluntariado na natureza, que conta com a Câmara Municipal de Torres Vedras enquanto parceira. O período de candidaturas decorre até ao dia 31 de maio e destina-se a jovens entre os 18 e os 30 anos.

O projeto tem em conta a experiência de voluntariado local já existente, bem como iniciativas no âmbito de projetos de conservação da natureza em áreas da Rede Natura 2000, entre outras áreas do Concelho.

No que toca às oportunidades de voluntariado, a Câmara Municipal de Torres Vedras disponibiliza quatro vagasque podem ter entre dois a seis meses de duração e incluem atividades que incidem, essencialmente, sobre trabalho de campo relacionado com as necessidades de conservação das áreas de intervenção.

As atividades podem passar por controlo de espécies invasoras, reabilitação e restauro de habitats ripícolas, aplicação de soluções de engenharia natural em linhas de água, atividades nos viveiros municipais, apoio a ações de sensibilização, divulgação e educação ambiental.

Informações úteis

  • Nº de vagas: Quatro
  • Período de voluntariado: Variável entre 1 de junho de 2019 e 30 de junho de 2020
  • Organização de acolhimento: Câmara Municipal de Torres Vedras
  • Critérios de seleção: Residência em Portugal (região de Lisboa e Oeste) e idade entre 18 e 30 anos. Não é necessária formação académica específica nem experiência prévia em voluntariado.
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here